domingo, 15 de maio de 2016

TIREM AS MÃOS DO BOLSO DO TRABALHADOR - FIM DO IMPOSTO SINDICAL JÁ



O novo ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, assumiu o cargo alertando que é mais do que necessária no Brasil uma reforma nas relações trabalhistas, não para tirar direitos, mas para modernizar a legislação. Entre as propostas que precisam ser debatidas pela pasta está a de acabar com o escandaloso imposto sindical, que retira dinheiro do suor trabalhador para financiar as centrais sindicais e o Sistema S. São bilhões repassados
anualmente sem necessidade de prestação de contas, tanto para os sindicatos (só a CUT recebeu R$ 59 milhões no ano passado), como às entidades patronais (abocanharam 3,4 bilhões em 2015). A obrigatoriedade de pagamento desse imposto pelo trabalhador precisa ser derrubada. As instituições do sistema S e os sindicatos devem viver com o recolhimento de doações voluntárias de seus próprios membros e associados. Esta festa que as centrais e o sistema S vive, com nossa grana tem que acabar e já!!!

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA

ENTRE EM CONTATO - SUA PAUTA
LIGUE JA